MENSAGEM PASTORAL RECONSTRUÇÃO (Provérbios 3:6).

    “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.”

     

    Reconstruir - significa tornar a construir, reedificar, formar novamente, reorganizar, reformar.

           O nosso tema para o ano de 2018, encontra-se fundamentado na experiência do profeta Neemias.

           O contexto em que viveu o profeta era de total degradação espiritual, moral, religioso e estrutural/fisico.

         As notícias que chegaram ao profeta através de Hanani (um de seus irmãos) e alguns de Judá sobre o povo e Jerusalém, trouxeram grandes tristezas e angústias para Neemias. (Neemias 1.2-4).

              O ato de se angustiar diante de más notícias, é um ato natural para quem entende que teve um passado, enxerga o presente e vislumbra o futuro. Sendo assim, o profeta demonstra claramente o valor que ele atribuía à sua história, família, cidade e nação. Por isso no afã, desejo de reverter àquele quadro extremamente caótico e desértico, o profeta determinou em seu coração ir à Jerusalém para reconstruir a cidade e tirar o seu povo daquela humilhação e vergonha a que estavam submetidos.

         Perguntamos: Será que semelhantemente ao povo de Israel, há áreas das nossas vidas em que precisamos reconstruir? Há algum valor em ruína, danificado ou destruído em nossos corações, família, igreja, relacionamento interpessoal e comunhão com Deus? Há falta de temor e tremor em nossos corações? Há em nós ausência de santidade, adoração e uma vida de consagração? No tripé da vida cristã, como nos encontramos diante de Deus, com o nosso homem interior e com o nosso próximo?

          Sem dúvida, o nosso inimigo e alguns agentes do reino das trevas, prefigurados na pessoa de Sambalate, o horonita, Tobias, o amonita e Gesém, o arábio (Neemias 2.19), querem nos destruir, subjugar, envergonhar, escravizar e intimidar, utilizando-se das mesmas estratégias.

             O objetivo do reino das trevas sempre será  minar, afligir, atormentar, arrancar a alegria, ânimo, trabalho, vivacidade, esforço, esperança e força daqueles que temem a Deus e militam no bom combate da fé. (Ef. 6:12). Ou seja, através do uso de palavras e agregação de gente para engrossar a fileira dos que pelejam contra nós, somos muitas vezes menosprezados, caluniados, amedrontados, perseguidos e zombados. Entretanto, não podemos nos intimidar e retroceder da nossa decisão firme e consistente diante dos obstáculos. Nós vamos reconstruir!

            Como um povo amado e de propriedade exclusiva de Deus, deixemos aflorar o   “Neemias” que está dentro de cada um de nós. Na força do Espírito Santo, com entusiasmo e confiança no Deus que intervém em toda e quaisquer circunstancias, no Deus que opera maravilhas na história humana e na vida do Seu povo, superemos a distância e as estratégias dos inimigos, bem como toda escassez que nos cercam.   Vamos romper em fé e gritar bem alto: “O Deus dos céus é o que nos fará prosperar: e nós, seus servos, nos levantaremos e edificaremos...” (Neemias 2:20). Aleluia!

        Sabemos que reconstruir dá trabalho, dói, demanda tempo, esforço, dedicação, oração, consagração, discernimento, estratégia e, sobretudo, confiança em Deus. “Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco do mês de Elul; em cinqüenta e dois dias.”  (Neemias 6:15).

           Em Cristo, por Cristo e através Cristo,  lutemos bravamente e perseverantemente em prol do Reino de Deus e da nossa vitória. Pois, após alcançarmos a vitória na reconstrução das áreas e situações que precisamos, com certeza, seremos envolvidos pelo mesmo sentimento que se apossou daquele povo após a vitória. “Esdras louvou o Senhor, o grande Deus, e todo o povo ergueu as mãos e respondeu: "Amém! Amém! " Então eles adoraram o Senhor, prostrados, rosto em terra.” (Neemias 8:6).

     

    A minha oração, é para que recaia sobre a igreja local/Rhema, a igreja do Brasil e do mundo a mesma alegria vivida pelo profeta Neemias, Edras e Israel.

     

    Que Deus nos abençoe!

     

    Pr. Ismael Marinho

    Igreja Batista Rhema/ BHMG.

    facebook